>
"Para entender o tempo, pegue a morte como a real dimensão da vida. A existência do ser não é plena, mas sim o estado onde algo falta. O estado de ser é definido pela ausência da morte." Autorretrato de Roman Opalka.

"Para entender o tempo, pegue a morte como a real dimensão da vida. A existência do ser não é plena, mas sim o estado onde algo falta. O estado de ser é definido pela ausência da morte." Autorretrato de Roman Opalka.

Notes

  1. cac10 reblogged this from qualsuaideia
  2. favartwork reblogged this from qualsuaideia and added:
    Roman Opalka, OPALKA 1965/1-∞
  3. georgiarules reblogged this from qualsuaideia
  4. qualsuaideia posted this